Universidade de Lisboa Repositório da Universidade de Lisboa

Repositório da Universidade de Lisboa >
Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação (FPCE) >
FPCE - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10451/900

Título: Auto-estima e percepção das práticas parentais na fase final da adolescência
Autor: Lila, Tiago Filipe Vivo Bento
Orientador: Narciso, Isabel, 1962-
Palavras-chave: Adolescência
Parentalidade
Auto-estima
Teses de mestrado
Issue Date: 2009
Resumo: A demarcação etária da adolescência tem sofrido, nas últimas décadas, mudanças causadas por factores socioeconómicos, que têm como efeito protelar a autonomização total do indivíduo em relação à sua família. Com este mapa actual como referência, propusemo-nos estudar as relações entre o nível de auto-estima e a percepção de práticas parentais do pai e da mãe reportados por sujeitos na fase final da adolescência. O estudo exploratório foi realizado com uma amostra de 196 adolescentes, estudantes do ensino secundário (n=96) e do ensino superior (n=100). A análise quantitativa de resultados foi realizada com recurso ao software SPSS 16.0 for Windows, tendo-se concluído que a) a auto-estima é maior quanto mais elevada for o nível de percepção de práticas parentais de suporte no progenitor do sexo oposto ao do adolescente; b) os adolescentes de sexo masculino reportam uma menor percepção de práticas parentais de suporte e uma maior percepção de práticas de rejeição e controlo: estes valores não têm influência no seu nível de auto-estima, sugerindo uma importância dos papéis tradicionais de género na parentalidade; e c) nos estudantes universitários, a auto-estima não se relaciona com nenhuma variável parental, supondo uma distinção qualitativa e um crescendo de autonomização psicológica em relação aos outros adolescentes.
The age boundaries attributed to adolescence have changed, in the past few decades, due to socioeconomical matters, whose effect has been to delay the full autonomy of the individual from his/her family. With this contemporary matrix as a reference, we wanted to study the relationships between the self-esteem level and the perception of parental practices of father and mother, as reported by subjects in their late adolescence. The exploratory study was conducted with a sample of 196 adolescents, students at high school (n=96) and at college (n=100). The quantitative analysis was made resorting to the software SPSS 16.0 for Windows, attaining the following conclusions: a) self-esteem is higher when the perception of parental practices of support from the parent of the opposite sex of the adolescent's is also higher; b) male adolescents show a minor perception of parental practices of support and a higher perception of practices of control and rejection: these values have no influence on their self-esteem level, suggesting a considerable importance of the traditional gender roles in parenthood; and c) in college students, self-esteem does not relate to any parental variable, suggesting a qualitative distinction and a crescendo of psychological autonomy regarding the other adolescents.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicologia Clínica Sistémica), 2009, Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação
URI: http://catalogo.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000559833
http://hdl.handle.net/10451/900
Appears in Collections:FPCE - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
18414_ulsd_dep.17711_Dissertacao_de_Mestrado.pdf451,8 kBAdobe PDFView/Open
18415_ulsd_dep.17711_ApendicesI.pdf251,9 kBAdobe PDFView/Open
18416_ulsd_dep.17711_ApendicesII.pdf154,19 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

  © Universidade de Lisboa / SIBUL
Alameda da Universidade | Cidade Universitária | 1649-004 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217967624 | Fax +351 217933624 | repositorio@reitoria.ul.pt - Feedback - Statistics
DeGóis
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia