Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/9433
Título: R2WEB: repairing and evaluating rich web applications accessibility
Autor: Neves, Ana Sofia Batista
Orientador: Carriço, Luís, 1963-
Palavras-chave: Web
Acessibilidade
Ferramenta de avaliação
Ferramenta de reparação
CSS
Teses de mestrado - 2013
Data de Defesa: 2013
Resumo: QualWeb is an existing tool that evaluates Web pages’ compliance with WCAG 2.0 HTML techniques. We wanted to enhance this tool’s functions by adding a CSS module. For this we intend to create a CSS module, to extend the evaluation process, so that it evaluates HTML and stylesheets, but also to present the user solutions for every evaluation problem. In this report we present the different development stages that our CSS evaluation and repair module went through. We describe how we interpreted the WCAG 2.0 techniques and how we turned them into code; how we processed every CSS rule in a .html document and how we established the connection between the different HTML elements and their CSS rule; how we build the repair process itself and how we managed to present it in an online user interface. One of this stages includes an experimental study where we presented to a set of twenty Web developers, with different levels of HTML knowledge, our developments in order to obtain some feedback on how we were doing. In the corresponding chapter we describe our study and show how presenting repair suggestions for accessibility problems, helps users feel less lost and more self-assured when using our tool. These findings will build ground for a future complete repair module for QualWeb and open way for further enhancements of this Web Accessibility evaluation tool.
A Web é hoje em dia a plataforma mais utilizadas para partilha de conhecimento e divulgação de serviços. A sua crescente importância nota-se aos mais diferentes níveis da nossa sociedade. Universidades, governos, empresas e outras entidades todas aproveitam da facilidade de chegar ao destinatário através da Web. No entanto, o problema surge dado o facto de que nem todos aqueles, a quem este conhecimento e estes serviços se destinam, têm as mesmas capacidades, cognitivas ou físicas. Grupos sociais de indivíduos com dificuldades cognitivas e físicas acabam por ficar à margem destas potencialidades da Web. Apesar de existirem já inúmeras tecnologias de ajuda para estas pessoas, como leitores de ecrã, etc., para que estas funcionem corretamente, é necessário que a informação seja disponibilizada adequadamente formatada. De forma a colmatar estas e outras situações existe a necessidade de normas cujo objectivo seja estandardizar conteúdos desenvolvidos para a Web. A acessibilidade Web é uma preocupação da qual surgem os princípios de inclusão social. E graças à qual, inúmera documentação e tecnologias, têm surgido de forma a colmatar este problema. Entre elas, tecnologias automáticas de avaliação e até de reparação de Acessibilidade Web. Contudo, muitas dessas tecnologias ainda não conseguem colmatar dificuldades que surgem do desenvolvimentos tecnológico da Web. Novas tecnologias, como Javascript, tornam os conteúdos Web em mais do que simples apresentações de texto. Conteúdos Web passam a ser dinâmicos, graças à execução ao de chamadas aos servidores, paralelas à apresentação das páginas Web. Estas interações com o servidor permitem a alteração dos conteúdo nas páginas Web. A avaliação da acessibilidade destes novos conteúdos dinâmicos, não pode ser verificada utilizando os mesmos padrões usados até agora. Caso isto aconteça estes avaliadores de conteúdos estáticos, podem levar a conclusões incompletas que podem mesmo ser incorretas. A ferramenta QualWeb é uma ferramenta de avaliação de Acessibilidade Web. No entanto, ao contrário das mencionadas anteriormente, recorrendo a tecnologias recentes, esta ferramenta permite avaliar aplicações Web dinâmicas. Avaliações de acessibilidade realizadas por esta ferramenta seguem normas internacionais WCAG 2.0 graças à implementação de um modulo de técnicas HTML. No entanto existe ainda espaço para expandir o âmbito desta ferramenta. As normas WCAG 2.0 englobam não apenas o HTML mas também um conjunto de outras tecnologias de entre as quais o CSS. Sendo que, com o crescimento da Web e da quantidade de conteúdos disponíveis online, maior atenção tem sido atribuída à utilização de estilos que possibilitam aos developers desenvolver conteúdos mais apelativos. Por este motivo a sua utilização tem aumentado e os CSS são hoje em dia, considerados como uma das tecnologias mais importantes para a Web. Data esta importância, este trabalho pretende expandir o funcionamento de ferramenta QualWeb, introduzindo lhe novas capacidades anívels dos CSS. Para isso incluímos um módulo de avaliação e reparação de CSS. Esta avaliação, tal como a já existente avaliação de HTML, segue as t´técnicas CSS WCAG 2.0. Não só nos preocupámos em manter a modularidade da ferramenta, mas também nos preocupámos em torna-la ainda mais flexível. As avaliações de HTML seguiam uma determinada forma de execução¸ ao de comprometia a flexibilidade da apresentação de resultados ao developer. Foi por este motivo que decidimos também alterar a perspectiva de apresentação dos resultados,. Esperamos assim melhorar o workflow do developer bem como, a sua experiencia com a nossa ferramenta. Considerando que a complexidade das páginaWeb tem vindo a aumentar, o tempo que um developer poderá eventualmente despender, analisando os seus conteúdos, segundo padrões de acessibilidade, pode ser considerável. De forma a mantermos os developers interessados nestes temas, sem que considerem estas verificações cansativas, é importante tornar a sua experiencia tao simples quando possível. é com este objectivo que surgem ferramentas de reparação de acessibilidade. No entanto, se já as avaliações de acessibilidade podem ser algo ambíguas, esta situação agrava-se na reparação. Reparar uma página Web requer um conhecimento relativamente da página bem como uma visão geral que muitas vezes as ferramentas automáticas não possuem. Por este motivo o que propomos neste trabalho são sugestões de reparação, apresentadas ao developer, de forma a que a ferramenta de forneça toda a informação necessária para reparar a acessibilidade dos seus conteúdos. Neste trabalho procedemos ao desenvolvimento de um módulo de reparação para as técnicas CSS desenvolvidas. O objectivo é acima de tudo, mostrar ao developer que pode tornar as suas páginas mais acessíveis, educando-o sobre como o fazer e despoletando o seu interesse explicando também porque o deve fazer. De forma a que toda esta informação possa ser divulgada, é necessário melhorar a interface da ferramenta QualWeb, desenvolvida paralelamente a este projecto. Desenvolveuse paralelamente a este trabalho uma interface para esta ferramenta, no entanto esta interface tem como objectivo apresentar uma versão anterior do QualWeb. De forma a conseguir disponibilizar todos os conteúdos desenvolvidos foi necessário melhorar essa interface introduzindo lhe novas funcionalidades. Todas estas componentes desenvolvidos, foram verificadas através de um corpus de teste. Para a avaliação desenvolvemos testes individuais, por técnica, e globais que simulavam a complexidade de uma páginaWeb real. Para a reparação, procedemos a reparação de algumas das mais utilizadas páginas Web, o que nos permitiu fazer uma analise critica às nossas implementações. Por fim, de forma a validar a interface e as reparações, procedemos a testes com utilizadores. Estes testes foram cruciais para o refinamento da nossa ferramenta, bem como para obtermos algumas conclusões interessantes no nosso trabalho. No final, conseguimos, como pretendíamos, melhorar a ferramenta QualWeb, tornando a ainda mais competitiva nesta área. Conseguimos também validar toda a implementação realizada dos diferentes componentes e tirámos conclusões bastante interessantes. Nomeadamente que o conhecimento de ferramentas deste género, a nível de estudantes de universidade não é muito elevado e que estas ferramentas podem desempenhar um papel interessante para alterar esta situação. Este trabalho ajudou também a pavimentar caminho para novas melhorias desta ferramenta de avaliação de Acessibilidade Web.
Descrição: Tese de mestrado em Engenharia Informática (Sistemas de Informação), apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2013
URI: http://hdl.handle.net/10451/9433
Aparece nas colecções:FC - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfc105389_tm_Ana_Sofia_Neves.pdf5,88 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.