Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/9489
Título: Determinantes psicológicos da motivação para a mudança de hábitos alimentares em pessoas com excesso de peso
Autor: Esteves, Cláudia Sofia dos Santos
Orientador: Afonso, Maria João, 1959-
Palavras-chave: Excesso de peso
Imagem corporal
Auto-estima
Motivação (Psicologia)
Hábitos alimentares
Teses de mestrado - 2013
Data de Defesa: 2013
Resumo: A obesidade - recentemente considerada uma doença, detentora do título de epidemia do século XXI e considerada a segunda causa de morte passível de prevenção -, o excesso de peso como factor de risco e a constatação de que mais de metade da população adulta Portuguesa padece destas condições, foram os factores que impulsionaram este estudo. Pretendeu-se analisar as diferenças entre indivíduos participantes e não participantes de um programa de perda de peso. Criaram-se duas subamostras: participantes do “Desafio de Perda de Peso”, em Clubes de Nutrição Herbalife (n=27) e indivíduos que, apesar do excesso de peso, não estavam inscritos no programa (n=46). O Modelo Transteórico dos Estádios da Mudança (Prochaska & DiClemente, 1982), foi o principal modelo teórico no estudo, pela sua aplicação se ter vindo a mostrar vantajosa na investigação de comportamentos de saúde. Metodologicamente, este foi um estudo comparativo de dois grupos e um estudo quantitativo/correlacional da relação entre variáveis psicológicas, conhecidas como associadas ao excesso de peso, como a imagem corporal, auto-estima, estádio de preparação para a mudança e perturbações alimentares. Os objetivos consistiram em analisar as relações entre estas variáveis psicológicas; obter melhor conhecimento sócio-demográfico da população com excesso de peso; reunir informação sobre fatores psicológicos significativos para melhorar as intervenções com indivíduos com excesso de peso e sensibilizar para a importância da avaliação e do acompanhamento psicológico de participantes destes programas. Concluiu-se que não existem diferenças significativas entre as duas subamostras, excepto para valores mais elevados na primeira subamostra em alguns construtos como tendência para emagrecer, perfeccionismo e asceticismo. Como esperado, baseado na literatura, foram encontradas correlações positivas entre a auto-estima, imagem corporal e género, sendo o sexo feminino o mais afectado pela insatisfação corporal e baixa auto-estima. Não foram encontrados resultados significativos na motivação para a mudança, devido à restrição da amplitude nos estádios de mudança, em ambas as amostras.
Obesity - recently classified as a disease, the biggest epidemic of the XXI century and considered the second biggest cause of preventable death -, excess weight as a risk factor and the fact that more than half of the Portuguese adult population suffers from these conditions, were the factors that impelled this study. It was intended to analyze the differences between individual participants and non-participants in a weight loss program. Two subsamples were created: participants of "Weight Loss Challenge", at Herbalife Nutrition Clubs (n=27), and individuals who, in spite of their excess weight, didn’t enroll in such a program (n=46). The Transtheoretical Model of Change (Prochaska & DiClemente, 1982) was the main theoretical model in the study, for its framework has proved to be advantageous in health behavior research. Methodologically, this was a comparative study of the two groups and a quantitative / correlational study of the relationships between psychological variables, known as associated with excess weight, such as body image, self-esteem, stage of preparation for change and eating disorders symptoms. The goals consisted in analyzing the relationships between those psychological variables; get knowledge of the socio-demographic overweight population; gathering information about psychological factors meaningful for improving interventions with overweight individuals, and raising awareness of the importance of psychological assessment and counseling with participants in these programs. It was concluded that there were no significant differences between the two subsamples, except for the highest values of the first subsample in some constructs as drive for thinness, perfectionism and asceticism. As expected, based on the literature, positive significant correlations were found between self-esteem, body image and gender, the female gender being most affected by body image dissatisfaction and low self-esteem. No significant results were found in motivation to change, due to restriction of range in the stages of change of both samples.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicoterapia Cognitiva-Comportamental e Integrativa), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2013
URI: http://hdl.handle.net/10451/9489
Aparece nas colecções:FP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie044701_tm.pdf1,24 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.