Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/9490
Título: Distress, qualidade de vida e estratégias de confronto em pacientes oncológicos
Autor: Pereira, Catarina da Paz Nóbrega
Orientador: Fradique, Fernando Carlos Sepúlveda Afonso, 1957-
Palavras-chave: Cancro - Aspectos psicológicos
Qualidade de vida
Bem-estar (Psicologia)
Teses de mestrado - 2013
Data de Defesa: 2013
Resumo: O cancro faz parte do conjunto de doenças que ameaçam o bem-estar físico, psicológico e social dos pacientes, o que acarreta alterações para a sua QdV. Assim sendo, é necessária uma abordagem compreensiva do impacto biopsicossocial da doença oncológica, devendo ser dada atenção à forma como a doença é experienciada e confrontada. O presente estudo visa a avaliação do Distress emocional, Qualidade de Vida e Estratégias de Confronto de um grupo de pacientes oncológicos (N=35). Esta avaliação realizou-se através da aplicação dos instrumentos seguintes: Questionário Sócio-demográfico e Clínico (Coelho, 2009), WHOQOL-Bref (Canavarro et al., 2007; WHOQOL Group, 1998), o FACT-G – versão 4 (Arnold et al., 2004; Cella et al.,1993), o Questionário de Modos de Lidar com os Acontecimentos (Lazarus & Folkman, 1988; Pais-Ribeiro & Santos, 2001) e o Termómetro de Distress (Bacalhau, 2004). Os resultados obtidos indicam alterações em vários domínios da QdV. Relativamente às estratégias de confronto, os pacientes relataram diferentes estratégias como forma de ultrapassar os problemas com que se deparam ao longo do processo de doença, influenciando positivamente a sua QdV. Neste estudo verificou-se a prevalência de distress emocional, visto que a maioria dos participantes indicou níveis moderados a severos de distress. Também se concluiu que existe uma associação negativa entre o grau de distress emocional e os domínios da QdV. Atendendo ao impacto do cancro nos vários domínios de QdV observado neste estudo, é necessário sensibilizar os próprios doentes, famílias e profissionais de saúde para a importância da sinalização e intervenção psicológica, sendo este um recurso que pode dar o seu contributo positivo para o bem-estar do indivíduo enfermo.
Cancer is part of the group of diseases that threaten the physical, psychological and social well-being, contributing to the change of patients QoL. Therefore, a comprehensive approach of the biopsychosocial impact of oncological disease is needed and attention should be given to the way the disease is experienced and confronted. The present study aims to assess the Emotional Distress, the Quality of Life and the Coping Strategies of a group of cancer patients (N=35). This assessment was carried out by applying the following instruments: Questionário Sócio-demográfico e Clínico (Coelho, 2009), WHOQOL-Bref (Canavarro et al., 2007; WHOQOL Group, 1998), the FACT-G - versão 4 (Arnold et al., 2004; Cella et al., 1993), the Questionário de Modos de Lidar com os Acontecimentos (Lazarus & Folkman, 1988; Pais-Ribeiro & Santos, 2001) and Termómetro do Distress (Bacalhau, 2004). The results show changes in some domains of QoL. Regarding coping strategies, patients reported different strategies in order to overcome the problems that they face during the disease process, influencing positively their level of QoL. This study shows the prevalence of emotional distress, since the majority of patients reported moderate to severe levels of distress. It was also concluded that there is a negative association between the degree of emotional distress and some domains of QoL. Given the impact of cancer in some domains of QoL observed in this study, it is necessary to make patients, families and health professionals aware of the importance of psychological intervention as a resource that can contribute positively for the well-being of the ill person.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicologia da Saúde e da Doença), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2013
URI: http://hdl.handle.net/10451/9490
Aparece nas colecções:FP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie044698_tm_tese.pdf654,24 kBAdobe PDFVer/Abrir
ulfpie044698_tm_anexos.pdf6,57 MBAdobe PDFVer/Abrir
ulfpie044698_tm_errata.pdf146,63 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.