Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/9492
Título: O papel das crenças sobre o envelhecimento na autoeficácia, bem-estar e autonomia dos idosos
Autor: Pegado, Ana Filipa Madeira
Orientador: Alvarez, Maria João, 1963-
Palavras-chave: Envelhecimento activo
Estereótipos (Psicologia)
Bem-estar (Psicologia)
Teses de mestrado - 2013
Data de Defesa: 2013
Resumo: O modo como se envelhece é uma questão muito atual devido ao aumento da esperança média de vida e dos custos associados a este fenómeno. Os estereótipos, autoestereótipos e autoeficácia são aspetos relevantes para o bem-estar e autonomia dos idosos quando se fala de envelhecimento ativo. Assim, neste trabalho verificou-se o efeito de crenças acerca do envelhecimento (autoestereótipos) no bem-estar e na autonomia de 82 idosos, testando esta relação através da autoeficácia. Foram também questionados 76 cuidadores/familiares próximos acerca dos seus estereótipos sobre o envelhecimento e verificado o impacto destes no bem-estar e autonomia dos idosos, através de relações de moderação. Estes dados foram recolhidos através de questionários. Os resultados revelaram que os autoestereótipos fortalecem a autoeficácia dos idosos e esta fortalece tanto o seu sentimento de bem-estar como de autonomia. Os estereótipos de cuidadores/familiares próximos mostraram também ter um impacto na relação entre autoeficácia e autonomia dos idosos, em particular para os idosos com baixo nível de autoeficácia, ainda que esta relação não tenha sido encontrada para o bem-estar. As crenças positivas que os idosos têm sobre a velhice são fulcrais para o envelhecimento satisfatório, uma vez que se relacionam com a autoeficácia, bem-estar e autonomia. As crenças negativas por parte dos cuidadores poderão levar a um apoio social menos eficaz, especialmente quando os idosos têm uma baixa perceção de autoeficácia. Pelo contrário, as crenças positivas poderão contribuir para a autonomia de idosos com baixa autoeficácia, através de apoio social promotor da autodeterminação dos idosos.
Due to the costs associated with the increase of life expectancy, the way people grow old became a current issue. When it comes to active ageing, stereotypes, self-stereotypes and self-efficacy are relevant aspects to the well-being and autonomy of the elderly. Therefore, in this research the effect of the ageing beliefs (self-stereotypes) in the well-being and autonomy was examined in a sample of 82 elderly, through the mediation of self-efficacy. Also 76 caregivers/close relatives were questioned about their stereotypes on ageing and these were analyzed through moderation of the relationship between self-efficacy and well-being/autonomy. The data was collect through questionnaires. The results revealed that the self-stereotypes of the elderly strengthen their self-efficacy, hence, strengthening the sense of well-being and autonomy as well. The stereotypes of the caregivers/close relatives did not reveal any impact in the relationship between self-efficacy and well-being, but they reveled a significant impact in the relationship between self-efficacy and autonomy, particularly for those who have low self-efficacy. The positive beliefs on ageing held by the elderly are vital to successful ageing, once they are associated with self-efficacy, well-being and autonomy. The negative beliefs held by the caregivers/close relatives might lead to ineffective social support, especially when the elderly have a sense of low self-efficacy. Otherwise, the positive beliefs may contribute to the autonomy of the elderly who have low self-efficacy, through social support that promotes the self-determination of the elderly.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia da Educação e da Orientação), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2013
URI: http://hdl.handle.net/10451/9492
Aparece nas colecções:FP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie044702_tm.pdf1,15 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.