Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/9497
Título: Adaptabilidade e identidade numa perspectiva construtivista : um estudo exploratório com jovens e adultos trabalhadores
Autor: Martins, João Filipe Nunes
Orientador: Duarte, Maria Eduarda, 1955-
Palavras-chave: Adaptabilidade
Desenvolvimento da carreira
Identidade - psicologia
Desenvolvimento vocacional
Teses de mestrado - 2013
Data de Defesa: 2013
Resumo: A investigação consiste no estudo exploratório da adaptabilidade na carreira, considerando as suas quatro dimensões: Preocupação, Controlo, Curiosidade e Confiança, e a sua relação com a identidade. São utilizadas como bases teóricas a teoria da construção da carreira de Savickas e o modelo de construção das formas identitárias de Guichard. A amostra consiste em 55 sujeitos, 34 mulheres e 21 homens com idades entre os 21 e os 39 anos, aos quais foram aplicados o Inventário de Adaptabilidade e a técnica Career Style Interview. Os resultados obtidos tendem a confirmar uma relação entre adaptabilidade e identidade, principalmente ao nível do Controlo, Curiosidade e Preocupação. Igualmente sugerem tendências de as mulheres apresentarem maior controlo, de os sujeitos mais velhos registarem maior preocupação e curiosidade, bem como a proeminência do factor histórico no controlo. De seguida, são discutidas as conclusões da investigação, revelando as limitações e futuras linhas de investigação, finalizando com algumas considerações sobre as implicações para as práticas de gestão e de aconselhamento da carreira.
This investigation consists on an exploratory study of career adaptability, considering its four dimensions: Concern, Control, Curiosity and Confidence, as well as its relation with identity. The career construction theory by Savickas and Guichard’s self construction theory are used as theoretical background to support the investigation. The sample consists of 55 participants, 34 women and 21 men between the ages of 21 and 39 years old, where it was applied the Career Adapt-abilities Scale and the Career Style Interview technique. The data obtained implies a possible relation between adaptability and identity, mostly when considering Control, Curiosity and Concern. Simultaneously it suggests a tendency of women demonstrating more control, of older individuals scoring more concern and curiosity, as well as a relevance of the historical factor on control. Following this, a discussion is presented with the conclusions of the investigation, considering its limitations and future investigations. Lastly, some considerations are made about the implications of this study to career management and counseling practices.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia dos Recursos Humanos, do Trabalho e das Organizações), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2013
URI: http://hdl.handle.net/10451/9497
Aparece nas colecções:FP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie044694_tm.pdf489,33 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.