Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/9517
Título: Da crença ao ato : perceção de auto-eficácia e coping orientado para o futuro e sua relação com o bem-estar no envelhecimento
Autor: Fernandes, Inês Almeida Munhá
Orientador: Pinto, Alexandra Marques, 1963-
Palavras-chave: Envelhecimento - qualidade de vida
Bem-estar
Coping
Percepção de si
Teses de mestrado - 2013
Data de Defesa: 2013
Resumo: O conceito de envelhecimento Bem Sucedido, entendido como a potenciação de situações e resultados positivos e eliminação ou prevenção de resultados negativos, tem dominado a área de investigação que se dedica ao estudo do envelhecimento. Da constatação de uma sociedade envelhecida, emerge esta tendência social, na qual existe a preocupação em criar condições de senescência favoráveis, nas quais o balanço entre os declínios e os ganhos seja positivo, e em garantir que o aumento da esperança média de vida esteja associado a qualidade de vida (Ouwehand, Ridder, & Bensing; 2006). O estudo do bem - estar, a chave do envelhecimento Bem Sucedido, apresenta - se assim como pertinente e promissor. A presente investigação, tem como objetivo estudar dois processos fulcrais no envelhecimento Bem Sucedido - a perceção de auto - eficácia e o coping orientado para o futuro - clarificando a relação que estes estabelecem entre eles e com a variável bem - estar. Pretende também avaliar a influência conjunta de ambos os constructos na variável bem - estar. Foram recolhidos dados de uma amostra de participantes com idades superiores a 65 anos de idade (N= 82), não institucionalizados, pertencentes a diversos distritos de Portugal. Como instrumentos de recolha de dados foram utilizadas as versões portuguesas do “General Self – Efficacy Scale” (Jerusalem & Schwarzer, 1995; Cit. In Gutiérrez – Doña et al., 2005), do “Mental Health Continuum – Short Form” (Bohlmeijer, Glas, Lamers, & Westerhof; 2012) e do “Proactive Coping Inventory” (Fiksenbaum, Greenglass, Jakubiec, Schwarzer, & Taubert; 1999). Os resultados confirmaram as hipóteses referentes à relação entre as variáveis perceção de auto - eficácia e coping orientado para o futuro assim como entre cada uma destas e o bem - estar subjetivo. No entanto, não se verificaram efeitos de interação entre perceção de auto - eficácia e coping orientado para o futuro no bem - estar subjetivo.
The concept of Successful Aging, known as the amplification of good outcomes and the reduction and prevention of negative ones, has dominated much of the research concerning the aging process. From the awareness of the existence of an aging society, has emerged a social tendency in which there's the concern to create the conditions to a favorable aging, in which the balance between the losses and the gains is positive, so as to ensure that the average life expectancy is associated with the quality of life (Ouwehand, Ridder, & Bensing; 2006). The empirical studies concerning well being, a key variable to the Successful Aging, has revealed to be as important as promising. The aim of the present research is to examine/study two of the essential processes of Successful Aging - self - efficacy and future oriented coping – thus clarifying the relation established between them and with the achieving development of well - being. We also intend to show the joint influence of both variables in well being. The data were collected in a sample of adults aged over 65 years old (N = 82), non - institutionalized, belonging to several districts of Portugal. The data were collected using the portuguese versions of the “General Self – Efficacy Scale” (Jerusalem & Schwarzer, 1995; Cit. In Gutiérrez – Doña et al., 2005), the “Mental Health Continuum – Short Form” (Bohlmeijer, Glas, Lamers, & Westerhof; 2012) and the “Proactive Coping Inventory” (Fiksenbaum, Greenglass, Jakubiec, Schwarzer, & Taubert; 1999). The results as predicted, confirmed the association between the variables self - efficacy and future oriented coping, as so between each other and subjective well - being. However, interestingly, it was not confirmed the effects of the interaction between self - efficacy and future oriented coping in subjective well -being.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia da Educação e da Orientação), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2013
URI: http://hdl.handle.net/10451/9517
Aparece nas colecções:FP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie044681_tm.pdf588,25 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.