Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/9587
Título: Pesquisa e análise filogenética do gene da integrase de fagos de Helicobacter pylori
Autor: Timóteo, Andreia Durão, 1986-
Orientador: Santos, Mário de Almeida, 1955-
Vale, Filipa
Palavras-chave: Helicobacter pylori
Bacteriófagos
Resistência aos antibióticos
Terapeutica fágica
Teses de mestrado - 2013
Data de Defesa: 2013
Resumo: A bactéria Helicobacter pylori infecta o estômago de aproximadamente metade da população humana estando associada ao desenvolvimento de patologias como gastrite, úlcera péptica e adenocarcinoma gástrico. Como principal terapêutica são utilizados dois antibióticos e um inibidor da bomba de protões. No entanto, a terapêutica com antibióticos é ineficaz em aproximadamente 20 a 30% dos pacientes, devido principalmente à resistência aos antibióticos, tornando necessário o desenvolvimento de novas terapêuticas. A terapêutica fágica consiste na utilização de bacteriófagos ou proteínas fágicas líticas para provocar a lise celular, sendo um processo alternativo a fim de evitar a resistência aos antibióticos. Para explorar a terapia fágica contra H. pylori é essencial a identificação e caracterização dos (pro)fagos desta espécie. Assim, este estudo tem como objectivos a pesquisa por PCR do gene da integrase de fagos de H. pylori de forma a compreender a prevalência de profagos nesta espécie e determinar a distribuição geográfica e/ou a patologia associada a estirpes integrase positivas. Em estirpes positivas para o gene que codifica a integrase foram pesquisados outros genes profágicos, primase e regulador de transcrição (região do fim do fago). Em 866 estirpes isoladas de doentes com origem e patologias diversas foi feita a amplificação por PCR e sequenciação do gene da integrase de fagos de H. pylori. Às estirpes positivas para o gene da integrase foi feita, também amplificação por PCR e sequenciação do gene da primase e região do fim do fago. Para as sequências de DNA de cada gene analisado fez-se a análise filogenética. A pesquisa por PCR do gene da integrase do fago, mostrou uma prevalência de 19,3%. A análise filogenética da integrase demonstrou haverem clusters de estirpes de acordo com a região geográfica, não ocorrendo, a mesma situação em relação às patologias. Os resultados reforçam a abundância de sequências de profagos em H. pylori.
Helicobacter pylori is a bacterium that colonizes the human gastric mucosa. This infection affects approximately half of the human population. H. pylori is associated with several diseases, such as gastritis, peptic ulcer and gastric cancer. The therapy against H. pylori is based on the administration of two antibiotics and a proton pump inhibitor. However, antibiotic therapy fails in about 20% to 30% of the patients, mainly due to antibiotic resistance making urgent the development of new therapeutic approaches. Phage therapy uses bacteriophages or lytic proteins encoded by phages to cause cell lysis and may become a new therapeutic approach against H. pylori. To explore phage therapy against H. pylori the identification and characterization of this (pro)phages is crucial. This study aim is to investigate the presence of the integrase prophage gene and its association with disease and geographic diversity. In positive strains for the integrase gene, it is investigated the presence of other prophage genes, the primase gene and end of the phage. In 866 strains isolated from patients from several geographic origin and presenting diverse diseases a PCR strategy recurring to degenerated primers to screen H. pylori prophages was used. A phylogenetic analysis of each DNA sequences was done. PCR results show a prevalence of 19,3% positive strains for the integrase gene. The phylogenetic analysis revealed clusters according to geographic region, but not according to pathology. The results reinforce that the presence of prophage sequences in H. pylori is high.
Descrição: Tese de mestrado. Biologia (Biologia Molecular e Genética). Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2013
URI: http://hdl.handle.net/10451/9587
Aparece nas colecções:FC - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfc103126_tm_andreia_timoteo.pdf1,26 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.