Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/963
Título: Qual o impacto da informação e formação na resistência à mudança quando se introduz um novo sistema de gestão de informação?
Autor: Rodrigues, Rita de Figueiredo
Orientador: Curral, Luís, 1963-
Palavras-chave: Mudança organizacional
Bem-estar profissional
Formação profissional
Data de Defesa: 2008
Resumo: A mudança organizacional é hoje em dia um tema emergente e largamente investigado, sendo particularmente importante o estudo da resistência à mudança. Encontrar formas de diminuir esta resistência é essencial para o bem-estar dos trabalhadores e produtividade das organizações. Este estudo pretende ser um contributo para a compreensão deste fenómeno, através da análise realizada acerca do impacto da participação dos trabalhadores nos seus níveis de satisfação. Desta forma, espera-se que a informação e formação providenciada aos trabalhadores sejam vistos como recursos para lidarem com a mudança a implementar. As hipóteses analisadas são as seguintes: Os trabalhadores que recebem formação e informação do sistema SAP, bem como aqueles que estão satisfeitos com o acesso à informação, apresentam níveis de exigências do trabalho, satisfação e bem-estar e suporte percebido mais elevados do que aqueles que não se encontram nestas condições. Os sujeitos consistiram em 45 trabalhadores do Departamento de Recursos Humanos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, aos quais foram aplicados um questionário constituído por quatro partes que avaliam as exigências do trabalho, bem-estar, satisfação e níveis de suporte percebido. Verificou-se que a formação, informação e satisfação com a informação recebida são bons recursos para os trabalhadores lidarem com as exigências resultantes da inovação introduzida, diminuindo assim a resistência à mudança. Neste estudo, as hipóteses foram parcialmente apoiadas.
Despite it has been widely studied, organizational change is still a very interesting field, especially when it comes to resistance to change. Finding ways to decrease this resistance is essential for the worker's well-being and to the organizational productivity. This study pretends to be a contribution to the understanding of this problematic issue through the impact analysis related to the worker's participation and their satisfaction levels. In this way, it's expected that information and training could be viewed as resources to deal with the change. The proposal hypotheses are: The worker's who received information and training about the SAP system, as well as those who are satisfied with the information access, exhibited higher levels of work demands, satisfaction, well-being and perceived organizational support when compared to those who are not in the same conditions. The individuals were 45 workers of the Human Resources Department in the Santa Casa da Misericórdia de Lisboa. A questionnaire was used to evaluate the demands of work, satisfaction, well-being and perceived organizational support. It was confirmed with this study that training, information and satisfaction with the information received are good resources to deal with the consequents demands of the innovation, decreasing in this way the resistance to change. This study partially confirms the initial hypotheses.
Descrição: Tese de mestrado integrado em Psicologia (Recursos Humanos, do Trabalho e das Organizações), apresentada à Universidade de Lisboa através da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, 2008
URI: http://catalogo.ul.pt/F/?func=item-global&doc_library=ULB01&type=03&doc_number=000550266
http://hdl.handle.net/10451/963
Aparece nas colecções:FPCE - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
20980_ulsd055541_tm.pdf491,59 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.