Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/9668
Título: Ranking de sustentabilidade ambiental de empresas do PSI 20
Autor: Carvalho, Liliana Fernandes, 1990-
Orientador: Guerreiro, José, 1958-
Palavras-chave: Sustentabilidade ambiental - Desenvolvimento sustentávelempresas
Teses de mestrado - 2013
Data de Defesa: 2013
Resumo: A crescente preocupação ambiental nas empresas leva-as a incluírem no seu modelo de gestão corporativa a sustentabilidade ambiental. Torna-se imperativo para estas apostar na sustentabilidade - desenvolvendo o equilíbrio entre os pilares ambiental, social e económico através da articulação de uma economia evoluída com uma sociedade mais equitativa, protegendo e melhorando a produtividade dos recursos naturais, ao mesmo tempo que dissociam o crescimento económico da degradação do ambiente. A produção de relatórios de sustentabilidade ocorre na tentativa de mostrar o empenho e responsabilidade das empresas no desenvolvimento sustentável. Estes são produzidos segundo standards internacionais, nomeadamente conforme as orientações da Global Reporting Initiative (GRI). A crescente competitividade induz os mercados a incluir a sustentabilidade ambiental nas cotações em bolsa - esta não deve envolver apenas aspectos económicos mas também aspectos de desenvolvimento sustentável incluindo índices de sustentabilidade ambiental, a par do que vem a ser desenvolvido pelo Dow Jones Sustainability Index. Esta dissertação visa atribuir um Rating de sustentabilidade ambiental a empresas do PSI 20, baseando-se numa metodologia desenvolvida a partir dos indicadores de desempenho ambiental da GRI. Seleccionaram-se 12 empresas com reporte de desempenho ambiental segundo a GRI tendo estas sido avaliadas não só no grau de cumprimento com as orientações desta, como também no seu desempenho em 34 critérios, divididos em 3 análises (qualitativa, quantitativa e complementar). Estas análises foram ponderadas de modo a obter uma percentagem de desempenho ambiental que foi confrontada com uma escala de Rating produzida para esta dissertação mas baseada na de Haßler & Reinhard, 2000. Dos trabalhos realizados, destaca-se os bons resultados em matéria de sustentabilidade ambiental das empresas estudadas, tendo-se verificado que a maioria tem um Rating igual ou superior a B-. As melhores cotações foram atribuídas à PT e Sonaecom, com Rating A- e a pior foi a Mota-Engil, com Rating D+ na área de Engenharia e Construção.A crescente preocupação ambiental nas empresas leva-as a incluírem no seu modelo de gestão corporativa a sustentabilidade ambiental. Torna-se imperativo para estas apostar na sustentabilidade - desenvolvendo o equilíbrio entre os pilares ambiental, social e económico através da articulação de uma economia evoluída com uma sociedade mais equitativa, protegendo e melhorando a produtividade dos recursos naturais, ao mesmo tempo que dissociam o crescimento económico da degradação do ambiente. A produção de relatórios de sustentabilidade ocorre na tentativa de mostrar o empenho e responsabilidade das empresas no desenvolvimento sustentável. Estes são produzidos segundo standards internacionais, nomeadamente conforme as orientações da Global Reporting Initiative (GRI). A crescente competitividade induz os mercados a incluir a sustentabilidade ambiental nas cotações em bolsa - esta não deve envolver apenas aspectos económicos mas também aspectos de desenvolvimento sustentável incluindo índices de sustentabilidade ambiental, a par do que vem a ser desenvolvido pelo Dow Jones Sustainability Index. Esta dissertação visa atribuir um Rating de sustentabilidade ambiental a empresas do PSI 20, baseando-se numa metodologia desenvolvida a partir dos indicadores de desempenho ambiental da GRI. Seleccionaram-se 12 empresas com reporte de desempenho ambiental segundo a GRI tendo estas sido avaliadas não só no grau de cumprimento com as orientações desta, como também no seu desempenho em 34 critérios, divididos em 3 análises (qualitativa, quantitativa e complementar). Estas análises foram ponderadas de modo a obter uma percentagem de desempenho ambiental que foi confrontada com uma escala de Rating produzida para esta dissertação mas baseada na de Haßler & Reinhard, 2000. Dos trabalhos realizados, destaca-se os bons resultados em matéria de sustentabilidade ambiental das empresas estudadas, tendo-se verificado que a maioria tem um Rating igual ou superior a B-. As melhores cotações foram atribuídas à PT e Sonaecom, com Rating A- e a pior foi a Mota-Engil, com Rating D+ na área de Engenharia e Construção.
Growing environmental concern in companies leads them to include environmental sustainability in its corporate management model. It is imperative for them to invest in sustainability - developing balance among the environmental, social and economic pillars through the articulation of an evolved economy with a more equal society, protecting and improving the productivity of natural resources, while dissociate growth economic of environmental degradation. The production of sustainability reports happens in an attempt to show the commitment and responsibility of companies in sustainable development. These are produced according to international standards, in particular according to the guidelines of the Global Reporting Initiative (GRI). The increasing competitiveness leads markets to include environmental sustainability in exchange quotations - this should not involve only economic aspects but also aspects of sustainable development including environmental sustainability indexes, abreast of what comes to be developed by the Dow Jones Sustainability Index. This dissertation aims to assign a Rating of environmental sustainability to PSI 20 companies, based on a methodology developed from the environmental performance indicators of GRI. Were selected 12 companies reporting environmental performance according to GRI and these were evaluated not only on the degree of compliance with the guidelines of this, as well as on their performance in 34 criteria, divided into 3 analyzes (qualitative, quantitative and complementary). These analyzes were pondered to obtain a percentage of environmental performance which was faced with a Rating scale produced for this thesis but which was based on Haßler & Reinhard, 2000. Of the work carried out, stands out the good results relating to environmental sustainability of the companies studied, and it was found that the majority has a Rating equal or higher than B-. The best rating was achieved by PT and Sonaecom with Rating A- and the worst was Mota - Engil with Rating D+ in the Engineering and Construction area.
Descrição: Tese de mestrado. Biologia (Ecologia e Gestão Ambiental). Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2013
URI: http://hdl.handle.net/10451/9668
Aparece nas colecções:FC - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfc103140_tm_liliana_carvalho.pdf1,49 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.