Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/9815
Título: Portugal : da 1ª República à Ditadura Militar : estratégias de ensino-aprendizagem em contextos culturais multiétnicos
Autor: Abreu, Margarida de Jesus de, 1965-
Orientador: Melo, Benedita Portugal e
Monteiro, Miguel Maria Santos Correia, 1951-
Palavras-chave: Didáctica da história
Multiculturalismo
Avaliação formativa
Relatórios da prática de ensino supervisionada - 2013
Data de Defesa: 2013
Resumo: Neste Relatório apresenta-se uma proposta de didáctica de História do Tema I – A Europa e o Mundo no Limiar do Século XX; Unidade Didáctica – Portugal: Da 1.ª República à Ditadura Militar, realizada com alunos do 9.º ano de escolaridade do Ensino Básico, numa escola TEIP (Territórios Educativos de Intervenção Prioritária) situada no Concelho da Amadora. Tendo em consideração que a escola onde esta prática de ensino supervisionada teve lugar é marcada pela frequência de um público muito heterogéneo do ponto de vista das suas origens étnicas, procurámos construir a nossa planificação em torno de pedagogias diferenciadas assentes em estratégias de ensinoaprendizagem adaptadas aos contextos culturais multiétnicos. Definidos os nossos propósitos científicos e pedagógicos planificámos e concebemos esta experiência educativa socorrendo-nos de recursos didácticos diversificados. Privilegiámos as estratégias construtivistas (Piaget), associadas a métodos activos ou aprendizagem por descoberta (Bruner), para que os alunos, isoladamente ou em grupo, fossem actores das suas aprendizagens. Para além da aprendizagem dos conhecimentos científicos e/ou do desenvolvimento de capacidades cognitivas, a ambição maior foi fornecer aos alunos instrumentos que lhes permitam usar os saberes adquiridos ao longo do seu processo de crescimento, da sua formação cívica e da sua inclusão na sociedade. Concluída a implementação da unidade e pese embora vários constrangimentos, os resultados da prática lectiva revelaram-se profícuos e enriquecedores a todos os níveis, menos no teste de avaliação sumativa, permitindo tirar algumas conclusões importantes para a futura prática profissional da disciplina de História. Para nós ficou claro que, em presença de contextos culturais multiétnicos as pedagogias têm de privilegiar experiências educativas assentes numa maior valorização da avaliação formativa em detrimento da sumativa.
This Report presents a proposal on History Teaching: Topic I – Europe and the World by the End of the 20th Century; Teaching Unit: Portugal - from the 1st Republic to the Military Dictatorship, which was accomplished with 9th Grade students at a TEIP High School [TEIP = Priority Intervention Area], located in the Municipality of Amadora. Considering that this school - where the supervised teaching practice took place - is attended by a very heterogeneous group of students from different ethnic backgrounds, our efforts revolved around preparing unit and lesson plans using different pedagogies based on teaching and learning strategies adapted to multiethnic cultural contexts. Having set out our scientific and pedagogical aims and purposes, we developed our plans and designed this educational experience by using different teaching resources. We favoured constructivist teaching strategies (Piaget), associated to active learning methods or discovery learning (Bruner), so that the students, both individually and in group, would become active players in the learning process. Besides scientific knowledge acquisition and cognitive skill development, the greatest ambition was to provide the students with tools which would allow them to use the knowledge they acquired while growing up, during their citizenship education and from their inclusion in society. Having completed the unit implementation, and apart some constraints, teaching practice achievements and results have proved to be effective and enriching at all levels, except for the summative assessment test, and that allows us to draw some conclusions for the future professional practice of teaching History. It has become clear to us that, before multiethnic cultural contexts, pedagogies have to favour educational experiences based on valuing formative over summative assessment.
Descrição: Relatório da Prática de Ensino Supervisionada, Ensino de História e Geografia no 3.º Ciclo do Ensino Básico e Ensino Secundário, Universidade de Lisboa, 2013
URI: http://hdl.handle.net/10451/9815
Aparece nas colecções:REIT - Mestrados em Ensino

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie044752_tm.pdf11,06 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.