Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/9847
Título: O processo de separação-individuação e a perceção das práticas parentais na adolescência
Autor: Morais, Joana Patrícia Rodrigues
Orientador: Biscaia, Constança
Palavras-chave: Psicologia do adolescente
Separação-individuação
Práticas parentais
Teses de mestrado - 2013
Data de Defesa: 2013
Resumo: O presente estudo centra-se na compreensão do processo de separação-individuação na adolescência em função da perceção das práticas parentais e de algumas variáveis sociodemográficas. A investigação teve a participação de 142 adolescentes (48 do sexo masculino e 94 do sexo feminino), com idades compreendidas entre os 14 e os 17 anos e frequentando um grau de ensino que varia entre o 7º e o 11º ano. Foi utilizado o Separation-Individuation Test of Adolescence (SITA; Levine & Saintonge, 1993) e o Parental Rearing Style Questionnaire for use with Adolescents (EMBU-A; Almeida, 2005). Foi ainda aplicado um questionário referente aos dados sociodemográficos. Assim, foram definidos três objetivos específicos: analisar as diferenças no processo de separação-individuação em função do sexo, da idade e da composição do agregado familiar dos adolescentes; analisar as diferenças na forma como os adolescentes percecionam as práticas parentais em função do sexo, da idade e da composição do agregado familiar dos adolescentes; e analisar as relações entre as subescalas do SITA e as dimensões do EMBU-A. Os resultados mostram a existência de diferenças significativas na subescala Expectativas de Rejeição do SITA em função da variável género, na subescala de Ansiedade de Separação do SITA em função da variável composição do agregado familiar e na dimensão perceção de Sobreproteção Paterna do EMBU-A, em função da variável idade. Foram ainda encontradas correlações significativas entre a maioria das subescalas do SITA e do EMBU-A. Neste sentido, os resultados permitem uma reflexão sobre a forma como se desenvolve o processo de separação-individuação e a sua relação não só com a idade, género e composição do agregado familiar dos adolescentes, como também na forma como estes percecionaram as práticas parentais.
The present study focuses on understanding the process of separation-individuation in adolescence according to the perception of parenting behaviors and some sociodemographic data. The investigation had the participation of 142 adolescents (48 males and 94 females), aged between 14 and 17 years old and attending a teaching degree which varies between the 7th and 11th grade. It was used the Separation-Individuation Test of Adolescence (SITA; Levine & Saintonge, 1993) and the Parental Rearing Style Questionnaire for use with Adolescents (EMBU-A; Almeida, 2005). It was also used a questionnaire regarding the sociodemographic data. In this sense, there were defined three specific objectives: to analyze the differences in the process of separation-individuation on gender, age and household composition of adolescents; to analyze the differences in how adolescents perceive parenting practices behaviors based on gender, age and household composition; finally, to analyze the relationships between the subscales of SITA and dimensions of EMBU-A. The results show significant differences in the variable gender that manifest themselves in the Rejection Expectancy subscale of SITA, in the variable composition of the household, manifesting themselves in the Separation Anxiety subscale of SITA and in age variable manifesting themselves in the perception of the Paternal Overprotection of EMBU-A. There were also observed statistical significant correlations between most subscales of SITA and EMBU-A. Therefore, the results allow a reflection about the development of the separation-individuation process and his relation not only with age, gender and household composition of adolescents, but also the way the adolescents perceived parenting practices.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicologia Clínica Dinâmica), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2013
URI: http://hdl.handle.net/10451/9847
Aparece nas colecções:FP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie044763_tm.pdf1,13 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.