Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/9848
Título: A influência de uma coparentalidade conflituosa/cooperante nos estilos parentais : um estudo comparativo entre população normativa e bairros sociais
Autor: Pinhal, Márcia Filipa Mateus
Orientador: Pedro, Marta Maria Figueiredo, 1982-
Palavras-chave: Estilos parentais
Coparentalidade
Bairros sociais
Teses de mestrado - 2013
Data de Defesa: 2013
Resumo: O presente estudo pretende expandir a investigação sobre a relação de coparentalidade e estilos parentais, numa comparação entre população normativa e bairros sociais. Este estudo investigou a associação entre cooperação e conflito coparental e os estilos autoritário e autoritativo numa amostra de 117 figuras parentais, sendo queº 100 são residentes de bairros sociais, abrangidos pelo programa PER e 117 representam um grupo normativo. Ambos foram recolhidos na área metropolitana de Lisboa. Foram utilizados instrumentos de auto-relato para aceder às percepções das figuras parentais sobre coparentalidade e estilos parentais . Os resultados demonstraram que figuras parentais com maior cooperação tendem a adoptar um estilo mais autoritativo e a diminuir o estilo autoritário. O conflito não mostrou relações significativas. Com a adição dos moderadores Contexto e NSE, que a relação entre cooperação coparental e estilo autoritativo é significativo para ambos os contextos. Não foram encontrados efeitos de moderação do NSE. Os resultados deste estudo serão discutidos relativamente às suas implicações para investigação no âmbito da parentalidade em contexto comunitário. Direcções para investigações futuras serão também discutidas.
The present study aims to expand on the investigation concerning the relationship between coparenting and parenting styles, by comparing between normative and neighborhood population. This study has investigated the association between cooperation and Coparent conflict, and the authoritarian and authoritative styles in a 217 parental figures sample, being that 100 originate from neighborhood managed by PER program, and 117 represent the normative group. Both samples were collected in the Lisbon metropolitan area. Self-report instruments were used to access the parental figures' perception on coparenting and parental styles. The results show that parental figures with increased cooperation tend to adopt a more authoritative style and to diminish an authoritarian style. Coparenting conflict did not show any significant relationships. By adding the Context and NSE moderators the relationship between coparent cooperation and authoritative style is significant for both contexts. No effects of NSE moderation were found. The outcome of this study shall be discussed regarding its implications to the Community Parenthood investigation. Further investigation guidelines shall also be presented/discussed.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde, Núcleo de Psicologia Clínica Sistémica), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2013
URI: http://hdl.handle.net/10451/9848
Aparece nas colecções:FP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie044767_tm.pdf509,83 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.