Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10451/9850
Título: Famílias multidesafiadas em contextos de pobreza : vulnerabilidades e forças familiares : refletindo acerca da intervenção
Autor: Silva, Joana Helena Encarnação da
Orientador: Ribeiro, Maria Teresa, 1962-
Minas, Maria
Palavras-chave: Famílias pobres
Famílias de risco
Resiliência familiar
Teses de mestrado - 2013
Data de Defesa: 2013
Resumo: A literatura na área das famílias multidesafiadas pobres tem alertado para a importância de uma intervenção focada nas forças e recursos familiares , contudo, as descrições das famílias multidesafiadas e do seu funcionamento e organização aparecem na literatura ainda focadas no défice e na vulnerabilidade. A presente investigação procurou, através de uma metodologia qualitativa com recursos a métodos quantitativos como meio complementar, compreender se o foco das intervenções e, por sua vez, os objetivos das mesmas caminham no sentido de combater vulnerabilidades ou potenciar forças familiares. Na componente qualitativa foram realizados cinco focus group, cinco entrevistas semi-estruturadas a profissionais e dez entrevista semi-estruturadas a famílias num total de 40 participantes. Na vertente quantitativa foi aplicado o Questionário das Forças Familiares a 30 participantes (Melo & Alarcão, 2011). Os resultados qualitativos, além de transmitirem uma noção mais clara de quais são as fragilidades e as forças familiares, revelam que os objetivos da intervenção relacionamse mais com as forças familiares. os resultados quantitativos revelam que não existe relação entre o tempo de permanência em programa de apoio formal e o desenvolvimento de forças familiares. Em conclusão, irá efetuar-se uma reflexão acerca do impato dos resultados desta investigação para a intervenção com estas famílias, as limitações do estudo e sugestões para futuras investigações.
The literature on poor multi-challenged families has been alerting to the importance of a focused intervention on the strengths and family resources, however, the descriptions on those families and their functioning and organization show up on that literature still focused on the deficit and vulnerability. The current investigation has searched through a qualitative methodology with quantitative resources and methods has a complementary mean, to understand if the focus of the interventions and its objectives take the same path on the sense of fighting the familiar vulnerabilities or to magnify the family strengths. On the qualitative component were made five focus groups, five semi-structured interviews to professionals, and ten semi-structured interviews to families with the total of 40 participants. On the quantitative front has been applied the Questionnaire of Familiar Forces to 30 participants (Melo & Alarcão, 2011). The quantitative results, in addition to transmit a clearer notion of what the familiar fragilities and strengths are, also reveal that the objectives of the intervention relate more to the families strengths. The quantitative results reveal a lack of relation between the time of involvement on a formal support program and the development of families strengths. In conclusion, a reflexion about the impact of the investigation results to the intervention with these families, and the limitations of this study and suggestions to future researches.
Descrição: Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicologia Clínica Sistémica), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2013
URI: http://hdl.handle.net/10451/9850
Aparece nas colecções:FP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ulfpie044764_tm.pdf945,15 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.